Muitos estudos tem indicado a prática de Pilates. É considerado um dos melhores exercícios para gestantes.
Todavia, e para as grávidas, essa atividade seria indicada? Como Pilates com Gestantes?
Os benefícios para o corpo são inúmeros. O método Pilates tem sido bastante indicado para as gestantes.Para aplicar as técnicas de Pilates a mulheres grávidas, é dominar as técnicas, para assim saber que são são mais indicadas durante essa fase.
Para de realizar o trabalho voltado a grávidas, é fundamental conhecer as modificações pelas quais o corpo mulher passa nesse período da , e dessa maneira, optar as atividades ideais para . Ainda, é interessante a cada trimestre da gravidez modificar o treino, adaptando à condição atual da gestante.
Além de ter de se o trimestre em que se encontra a gestante, deverá se levar em conta o condicionamento físico de cada uma. Dito isso, deduzimos que é praticamente personalizada para cada mulher.
Esses cuidados são importantes para proporcionar a tranquilidade em praticar a atividade e a segurança da gestante. Dessa feitio, a gestante também chega aos objetivos do Pilates com sastisfação. Dentre as metas, devemos citar facilitar a oxigenação do bebê e proporcionar bem-estar para que assim ela tenha satisfação com a nova condição do corpo.
Alguns cuidados relevantes
Um cuidado bem ao aplicar Pilates a grávidas é que nessa condição a sofre maior instabilidade nas articulações. O responsável por essa situação é hormônio relaxina, comum na gestação, e que tem como função auxiliar na acomodação do bebê no útero e facilitação na horado parto.
Assim, a grávida acaba tendo um risco elevado de queda. Contudo, a alteração não é muito perceptível para grávida, que por esse fato pode querer continuar a rotina de exercícios. Por esse fato, essa orientação do profissional é muito vital quanto ao que é adequado ou não fazer.
Qual roteiro é o ideal emPilates para grávidas
No início, quando a mulher inicia o Pilates, se estiver no trimestre inicial da gestação, o roteiro do treino é bem semelhante ao de uma mulher não-grávida. Até porque o início nessa atividade privilegia movimentos mais simples.
Todavia, mesmo dessa forma, necessário é buscar uma avaliação no início, para saber como está o condicionamento da praticante. Nesse período da gravidezhá a possibilidade de se fazer os seguintes movimentos:
• Fortalecimento de glúteos; fortalecimentos globais
• Alongamentos;

A partir do segundo semestre, a mulher geralmente está mais disposta e assim é possível praticar mais exercícios de Pilates, como estes:
• Posição quadrúpede sem muitas variações;
• Contração do períneo;
• Elevação da perna reta;
Dentre muitos outros.

Aprenda como trabalhar Pilates com gestantes: http://cursopilatesgestante.com